Quero aprender a programar, como começar?

larissa
Larissa Leopoldino 16/06/20212 min
Quero aprender a programar, como começar?

Hoje em dia muito se fala sobre programação, pois é um ramo ligado a tecnologia que se encontra em constante ascensão, ainda mais agora em uma época que o home office é uma característica muito visada pelos empregadores, e trabalhando com programação não é necessário que o colaborador esteja presente na empresa, podendo fazer seu trabalho tranquilamente de forma remota.

Como começar?

Assim como se pode aprender um novo idioma sozinho apenas utilizando dos recursos disponíveis na internet, fazendo uma busca rápida no Google ou até mesmo no YouTube, é possível encontrar muitos conteúdos sobre os mais variados tipos de linguagem que são utilizados atualmente.

Com a situação de pandemia que o mundo todo está enfrentando neste momento, muitas pessoas e empresas estão realizando com mais frequência eventos como workshops online, de forma 100% gratuita, com assuntos introdutórios ou até mesmo um resumo passando por todas as fases de aprendizado, desde o básico até o avançado.

Além disso, existem sites em que o usuário não precisa baixar nada no seu computador para conseguir programar e isso facilita muito para aquelas pessoas que possuem máquinas que não suportam muitos programas ou programas muito pesados.

Cursos

Investir em um curso técnico ou em qualquer curso da área, seja online ou presencial também é uma boa forma de se tornar um programador, principalmente se o seu objetivo é estagiar ou trabalhar nesse setor.

Muitos jovens não se dão conta que ao fazer os cursos técnicos (que normalmente são ofertados em conjunto ao ensino médio), podem começar a trabalhar com isso assim que que se formarem e já começar a conquistar sua independência financeira antes mesmo dos 20 anos.

Durante a faculdade

Na maioria das faculdades existem projetos que possibilitam aos estudantes uma experiência com a programação que pode fazer a diferença na vida deles, principalmente para aqueles que gostam do assunto e almejam trabalhar nessa área.

Em algumas universidades públicas, como a UNIFEI (Universidade Federal de Itajubá) existem empresas juniores (projetos de cunho empreendedor que proporcionam uma vivência empresarial durante a faculdade), que dão aos universitários a oportunidade de aprender a programar e desenvolver projetos para clientes reais, como sites e aplicativos. Os empresários juniores fornecem recursos como cursos pagos e todo o suporte necessário para que os membros de sua empresa possam se desenvolver e aproveitar ao máximo essa experiência enriquecedora.

Alinhe seu objetivo ao que está ao seu alcance

Recursos não faltam hoje em dia para aprender uma nova linguagem de programação, seja você um estudante universitário, do ensino médio, ou apenas uma pessoa interessada na área. Se a grana está curta, invista tempo na busca por bons sites, canais no YouTube ou até mesmo eventos online gratuitos. Se você tem condições de pagar um curso, pesquise e busque por boas recomendações, só não deixe de aprender aquilo que deseja, pois o conhecimento é valioso e num mundo tão competitivo ele nunca é demais.

E ai, gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com os amigos e siga a gente nas redes sociais!